Publicidade

Uma consulta médica: passo-a-passo (parte 4)

Será que uma consulta realmente acaba quando a gente sai da sala de atendimento? Agora, depois de apertar a mão e se despedir do médico, você pensa nisso, enquanto deixa o consultório e se dirige à farmácia mais próxima.

Um paciente consciente também é responsável por garantir a eficácia da sua prescrição.

A voz do médico continua a soar mesmo depois de terminada a consulta, pois que agora cabe a você como paciente seguir corretamente instruções repassadas para garantir a eficácia da prescrição. A isso chama-se “adesão ao tratamento” e o sucesso dele depende tanto da comunicação entre médico e
paciente quanto do engajamento de todos os que fazem parte desse processo.

O farmacêutico é um dos elos dessa corrente.

O Farmacêutico também é responsável por orientar quanto à correta aquisição de medicamentos e tirar dúvidas que ainda restem a respeito das instruções constantes nas receitas. Veja a seguir alguns dos cuidados que você deve ter ao chegar numa farmácia:

 Ao comprar/receber o medicamento, confira se é de fato o que foi receitado para você.

 Fique atento à validade do medicamento, antes de adquiri-lo. Não compre medicamentos com prazo de validade vencido.

 Verifique o registro do medicamento na ANVISA/Ministério da Saúde. Esse registro está na embalagem. Somente utilize medicamentos registrados.

 Não compre ou aceite medicamentos que estejam com a embalagem aberta, com o lacre rompido, com o rótulo borrado ou apagado.

 Importante: solicite ao farmacêutico orientações sobre como guardar o medicamento. Luz, umidade e calor devem ser evitados no armazenamento. Não armazenar medicamentos no banheiro, cozinha ou outro lugar onde o sol bate diretamente ou ambientes quentes.

 Se você não tiver certeza sobre como usar seu medicamento, pergunte quantas vezes forem necessárias. Por exemplo, algumas pessoas têm dificuldades para utilizar os dispositivos inalatórios de asma. Ao comprar esses medicamentos solicite ao farmacêutico que faça a demonstração da forma correta de utilizá-los.

 Se achar que terá dificuldade em recordar quando tomar os seus medicamentos, peça ao farmacêutico que lhe escreva as doses a serem tomadas a cada horário diário.

A família ou cuidadores são a última barreira para a prevenção dos erros de medicação. É muito importante que você partilhe com os seus familiares os resultados de suas consultas médicas. Assim, eles serão capazes de colaborar
para que os tratamentos prescritos sejam adequadamente seguidos.

E nunca é demais lembrar:

use mediList® para registrar todas as suas prescrições,

assim ficarão guardados no seu histórico e ainda será lembrado de tomar seus medicamentos na hora certa.

Com mediList® tudo isso cabe no seu celular e te ajuda a manter em dia a sua saúde!

Deixe um comentário

Publicidade