Uma consulta médica: passo-a-passo (parte 1)

Você é daquelas pessoas que ficam nervosas só de marcar uma consulta? Na hora de sair de casa, esquece exames e até a carteirinha do plano? E na hora de entrar no consultório e encarar o médico? Acha difícil, quase incompreensível o que ele fala? Já saiu com a receita na mão sem entender nada do que estava escrito?

Muito bem… seus problemas acabaram! Essa é a primeira de uma série de postagens que vai te guiar através do antes, do durante e do depois de uma consulta médica… e sem dor! Aperte os cintos, vamos começar nossa viagem.

Em primeiro lugar, conheça o melhor que puder a especialidade para a qual você foi encaminhado ou de que precisa obter ajuda.

Isso é importante na hora da entrevista com o profissional e diminui os riscos de informações mal
compreendidas.

Reúna todos os seus documentos pessoais e a carteirinha do plano de saúde num único lugar. Não se esqueça de separar também resultados de exames clínicos (laboratoriais, de imagem etc.) anteriores ou já solicitados pelo médico.

Um histórico de saúde detalhado é decisivo para um bom diagnóstico e o consequente tratamento a ser prescrito.

Se há a necessidade de um acompanhante, peça com antecedência a alguém de sua confiança que vá com você no dia e horário marcados para a consulta. Algumas vezes podem ser realizados pequenos procedimentos, como, por exemplo, uma endoscopia digestiva, cuja preparação exige a administração de anestésicos.

Prepare uma listinha com as seguintes informações:

 Os sintomas para os quais você precisa de orientação;
 Os tratamentos a que você estiver submetido;
 Alergias a quaisquer tipos de medicamentos;
 Nomes dos medicamentos de que você estiver fazendo uso.

No dia da consulta, não se atrase! Acorde um pouco mais cedo, alimente-se bem e evite estresse na hora de ir para o consultório, pois isso pode alterar condições como a pressão sanguínea. Faça tudo com calma e boa disposição. Lembre-se de que um estado de humor alterado pode dificultar a compreensão das instruções dadas pelo médico.

Na próxima postagem, você vai saber como deve agir no momento da consulta.
Não deixe de ler!

Deixe um comentário

Publicidade