Publicidade

Quem aprendeu a calcular frações?!

Matemática para muita gente era o terror dos bancos escolares, não é mesmo?

Quando parecia que estávamos dominando as 4 operações eis que o professor nos apresentava às malditas frações! E, então, nos perguntávamos: “mas quando é que eu vou usar isso na minha vida”?

Resposta: na hora da dor de barriga!

É isso mesmo. Quase todo mundo já teve que usar os conhecimentos sobre frações, além das outras quatro operações na hora de tomar aquele medicamento por um
número determinado de dias, receitado pelo médico. Na hora de passar na farmácia, a primeira pergunta era: “a caixa tem quantos comprimidos, moço?”

Comprar a quantidade adequada de medicamentos para um tratamento é muito importante, pois ter em quantidade suficiente é fundamenta para que o resultado seja
satisfatório, mas adquirir mais do que o necessário além de gerar resíduos tóxicos também causa prejuízo no bolso.

VAMOS VER UM EXEMPLO:

Se na receita médica está escrito
“Tomar 1 comprimido, por via oral, a cada 12 horas por 7 dias”.

Vamos ver como ficam estas contas:
12/12 horas = duas vezes por dia = 1+1 = 2 comprimidos por dia.                2 comprimidos por dia x 7 dias (de tratamento) =
TOTAL = 14 comprimidos.

Prestar atenção na receita prescrita pelo seu médico e fazer os cálculos do que você realmente precisa adquirir, é o melhor remédio!

No fim das contas, noves fora… zero! Você não vai ter que se preocupar com o descarte consciente daqueles comprimidos que sobraram da caixa e vai ter o seu estoque zerado, na telinha do mediList, ao fim do tratamento.

Simples, eficiente e sustentável!

Deixe um comentário

Publicidade